Trauma CG é habilitado como unidade de alta complexidade em ortopedia, traumatologia e AVC

Saude

08/06/2017 às 12h15

Trauma CG é habilitado como unidade de alta complexidade em ortopedia, traumatologia e AVC

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 124 VEZES

CAMPINA GRANDE- O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, de recebeu a habilitação como unidade de alta complexidade dos serviços de Ortopedia e Traumatologia, Queimados e o serviço em referência para tratamento em Acidente Vascular Cerebral.

 

A habilitação foi aprovada por unanimidade pela Comissão Intergestores Bipartite, em reunião realizada nessa segunda-feira (5), em Campina Grande.

 

A comissão é composta por  representantes de gestores municipais, gestores e técnicos da gestão estadual.

 

De acordo com o diretor técnico do Trauma-CG, José Bezerra, com essa aprovação o Ministério da Saúde passará a destinar mais recursos para o município e também proporcionará o reconhecimento do atendimento de grande resolutividade dos agravos que chegam ao Hospital de Trauma de Campina Grande.

 

Nos primeiros cinco meses deste ano, o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes faz mais de 33 mil atendimentos e realizou mais de 3.400 cirurgias.

 

O Hospital de Trauma de Campina Grande disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas.

 

O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico e é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará. Cerca de 200 pacientes são atendidos diariamente.

Comentários

Veja também

Facebook