Sistemas de abastecimento d'água beneficiam comunidades rurais no RN

Agricultura

20/07/2018 às 15h57

Sistemas de abastecimento d'água beneficiam comunidades rurais no RN

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 163 VEZES

Na próxima quarta-feira (25), três sistemas produtores de água serão inaugurados nas comunidades rurais de Umburana, Queimadas e Florêncio José, nos municípios de João Câmara e São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, contemplando 273 famílias (1.365 pessoas)..

 

A iniciativa, da CPFL Renováveis, geradora de energia renovável, por meio do Projeto Segurança Hídrica, visa a promover o acesso e uso sustentável da água, de modo a contribuir para a convivência com o semiárido a partir da sustentabilidade ambiental e social desses locais.

 

O objetivo é ampliar o acesso a água segura para consumo humano e também para a produção nas áreas rurais, com base em um modelo que integra inovação tecnológica, fortalecimento de capacidades e gestão comunitária do recurso natural mais precioso para a vida humana, que é a água.

 

"Iniciativas como essas transformam a vida de pessoas, porque oferecem mais qualidade de vida, retorno financeiro e autoestima. Mesmo em locais urbanos, muitas pessoas não conhecem ou convivem com essas inovações. Portanto, é motivo de satisfação para a CPFL Renováveis prover esse benefício", afirma Christiana Costa, gerente de sustentabilidade corporativa, responsabilidade social e relações governamentais da companhia.

 

Milhares de beneficiados

 

Em Queimadas, por exemplo, o sistema será composto por uma rede de abastecimento com 9 km de extensão, recuperação de um poço profundo, um reservatório de 60 m3, uma microusina solar de 3,24 kwp e um dessalinizador que filtrará 500 litros de água por hora.

 

Cerca de 200 famílias, num total de 1.000 pessoas, serão beneficiadas.

 

Em Umburana, por sua vez, o sistema é composto por uma rede de abastecimento com 6 km de extensão.

 

Está prevista ainda a recuperação de um poço profundo, um reservatório de 30 m3, uma microusina solar de 3,24 kwp e um dessalinizador que filtrará 250 litros de água por hora. Com a tecnologia, 65 famílias (325 pessoas) serão beneficiadas.

 

Já em Florêncio José, o sistema implantado contempla a recuperação do poço da comunidade, a instalação de um kit de irrigação para dois hectares e de uma bomba de 7,5 cv.

 

Além disso, conta com a implantação de microusina solar de 3,24 Kwp.

 

Por meio dele, serão beneficiadas famílias que juntas somam 40 pessoas.

 

Investimento social

 

Além das infraestruturas implantadas nas comunidades, o Programa Raízes tem atuado na capacitação de famílias para a gestão eficiente e sustentável dos recursos hídricos.

 

Os investimentos somam mais de R$ 1,7 milhão e buscam manter o atendimento atual e para as futuras demandas, diante do crescimento esperado para as próximas décadas.

 

As ações previstas no projeto colaboram para o fortalecimento de políticas públicas federais e do Estado do Rio Grande do Norte vinculadas à segurança hídrica.

 

As ações contribuem diretamente para o Programa de Fomento à Inclusão Produtiva Rural e ao Programa Cisternas, ambos do governo federal, além de atender à Política Estadual dos Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte (Lei n.º 6.908) e demais regulamentações do Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (IGARN).

 

Serviço

 

Agenda: Inauguração de sistemas de abastecimento de água

 

Quando: 25 de julho

 

Onde:

 

João Câmara (RN)

 

9 horas – Comunidade de Queimadas

 

11 horas – Comunidade de Florêncio José

 

São Miguel do Gostoso (RN)

 

14 horas – Comunidade de Umburana

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, nuvem, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: casa, céu e atividades ao ar livre

Comentários

Veja também

Facebook