Setembro Amarelo: Saúde Mental promove o momento Hora da fala

Saude

16/09/2019 às 21h14

Setembro Amarelo: Saúde Mental promove o momento Hora da fala

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 137 VEZES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Coordenação Estadual de Saúde Mental, em parceria com a Residência Multiprofissional em Saúde Mental (Resmem), promove nesta terça-feira (17), das 8h30 as 15h30, o momento “Hora da fala – Porque agora é tempo de pedir ajuda” para oferecer plantão aberto de escuta; grupos de apoio e de práticas integrativas; roda de conversa e prevenção ao suicídio, valorizando experiências exitosas no Estado.

 

O evento acontecerá no auditório de Ciências Jurídicas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), na capital, e faz parte da campanha Setembro Amarelo.

 
“A Rede de Atenção Psicossocial (Raps) é um amplo dispositivo diretamente ligado à prevenção e cuidados sobre o suicídio e a tentativa. As ações na Raps aprofundam reflexões e ações importantes que agora na campanha do Setembro Amarelo ganham mais força e repercussão na comunidade local”, enfatiza a coordenadora da Saúde Mental, Iaciara Mendes.
 
Para o psicólogo Lucílvio Silva, as ações não são somente durante a campanha, mas durante todo o ano os serviços da Rede devem valorizar e assumir a promoção e o cuidado em saúde mental.

 

“A RAPS dispõe de atenção à saúde para pessoas com sofrimento ou transtorno mental, incluindo as que têm necessidade decorrentes do uso do crack, álcool e outras drogas, no Sistema Único de Saúde (SUS).
 
Para questões relacionadas à tentativa de suicídio, existe uma rede de Urgência e Emergência formada pelo Samu; Sala de Estabilização; UPA 24 horas; Unidades Básicas de Saúde e pronto socorro em hospital geral.

 

Também podem contar com os CAPS.

 

Quando recomendado pelo médico, o SUS disponibiliza gratuitamente, medicamentos que podem auxiliar no tratamento.
 
Conforme o Ministério da Saúde, os fatores que levam ao suicídio são depressão; alcoolismo; esquizofrenia e transtornos de ansiedade.

 

O número de óbitos por suicídio na Paraíba, até o início de setembro, totaliza 121.

Comentários

Veja também

Facebook