Prefeito denuncia interferência de deputados na eleição da Famup

Politica

05/12/2018 às 22h26

Prefeito denuncia interferência de deputados na eleição da Famup

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 275 VEZES

JOÃO PESSOA - Acontece nesta quinta-feira (6) a eleição para presidente da Famup e, de acordo com informações exclusivas obtidas pelo helenolima.com, estão aptos a votar 168 prefeitos e, deste total, 91 já decidiram marchar com a chapa oposicionista, encabeçada pelo prefeito de Sobrado, George Coelho (PSB), que vai enfrentar o gestor cubatiense, Dudu Dantas (PSB), da situação.

 

Um prefeito ouvido pelo helenolima.com, criticou duramente o grupo político que comanda a Famup há cerca de 20 anos.

 

Segundo o gestor ouvido pelo portal, a direção atual da entidade não gosta de transparência, mas de fazer as coisas as escondidas, massacrando a oposição.

 

"Infelizmente, faz mais de 20 anos que a Famup serve a interesses de um pequeno grupo, liderado pelo deputado Estadual, Buba Germano (PSB) e deixando alheio a causa municipalista. Portanto, já somos mais de 90 prefeitos unidos para pormos fim a este desmandos e vamos apoiar o companheiro, George, de Sobrado, para que ele possa mudar essa realidade", afirma.

 

O gestor afirma que, em 2010, por exemplo, fizeram uma eleição a toque de caixa, as escondidas, sem dar tempo para que a oposição apresentasse uma chapa.

 

"Essa turma do Buba é ferozmente contra a transparência e o jogo limpo. Fizeram uma eleição em 2010 as escondidas e, quando fui tomar conhecimento, já havia passado o processo. Novamente, em 2016, fizeram outra eleição a toque de caixa, para não permitir que os novos prefeitos, que só assumiam em 2017, pudessem participar. Mas agora tudo isso vai fazer parte do passado, porque vamos pra cima de forma democrática", pondera o prefeito.

 

Ainda segundo este prefeito, vários deputados estariam tentando influenciar os gestores para que deixassem tudo isso quieto. Ou seja, que o grupo liderado por Buba continue mandando na Famup.

 

"Tá uma pressão danada (sic) aqui, pois os deputados estão pedindo para que a gente deixe o grupo de Buba continuar controlando a Famup. Mas não tem isso, não. Vamos pra cima. A eleição é com os prefeitos e não vamos atender esses deputados", arremata.

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook