Prefeito de Taperoá diz que vereadora "comeu" R$ 150 mil de candidato a deputado

Politica

04/02/2019 às 11h26

Prefeito de Taperoá diz que vereadora "comeu" R$ 150 mil de candidato a deputado

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 1735 VEZES

TAPEROÁ (PB) - Os trabalhos ordinários na Câmara Municipal de 2019, já começaram em elevada temperatura na noite da última sexta-feira (1), com uma discussão entre a vereadora, Maria Sileide Barreto Pinto (PSDB) e o prefeito, Jurandi Pileque (MDB).

 

A rusga entre a parlamentar oposicionista e o chefe do executivo, teve início após um áudio que Jurandi enviou para uma pessoa via WhatsApp, onde detona Sileide, chamando-a de desinformada, que recebe um gordo salário na Câmara e gordas diárias.

 

Além disso, o alcalde disse ainda que a vereadora fez acordos exorbitantes e que teria "comido" R$ 150 mil de um candidato a deputado nas eleições do ano passado e que só fala besteiras.

 

"Sileide recebe só da Câmara um gordo salário e diárias gordas. Aí é desinformada, tá entendendo... Mas eu entrego a ela o perdão a Deus. Ela sabe o que faz. Comeu mais de RS 150 mil do deputado dela, segundo os comentários na rua. Então, ela tá desesperada da votação que foi negativa", afirma o gestor.

 

Briga judicial

 

Na reinicio dos trabalhos legislativos, a vereadora aproveitou a oportunidade em que o prefeito esta presente e o retrucou.

 

"Foi bom, nesse dia, encontrar o senhor prefeito. Por que? Aqui estou há 14 anos e nunca ouvi ninguém falar de mim do jeito que escutei vossa excelência falar. Mas não preciso me defender porque Taperoá sabe como me comporto", pondera.

 

Sileide lamentou o ocorrido e prometeu recorrer à Justiça para processo Jurandi, lembrando que ele já responde a diversos processos e que tem sido denunciado constantemente pelo Ministério Público (MP).

 

Por sua vez,  o prefeito retrucou, disse que várias dessas ações foram arquivadas por falta de provas e que um processo a mais ou a menos contra ele, tanto faz.

 

Ainda no ataque, Jurandi criticou o grupo de oposição, do qual Sileide é representante.

 

"Você e seu grupo, com seus deputados, nunca pediram uma pedra de calçamento para Taperoá. Agora, porque o prefeito está trabalhando, tá encomendando a vocês? Dá licença!".

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook