Prefeito de Soledade paga R$ 1.274 com recursos públicos por medalha de honra ao mérito

Politica

05/08/2018 às 23h57

Prefeito de Soledade paga R$ 1.274 com recursos públicos por medalha de honra ao mérito

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 682 VEZES

O  prefeito de Soledade, Geraldo Moura Ramos (PP), pagou com recursos públicos, R$ 1274 ao Instituto Tiradentes de Minas Gerais, para receber medalha de honra ao mérito no mês de maio como gestor mais atuante durante um evento realizado em Recife, capital pernambucana.

 

Foram dois pagamentos no valor de R$ 637, conforme empenhos de número 0002151 e 0002152, ambos datados do dia 16 de maio.

 

O primeiro empenho (0002151), tem como unidade orçamentária, a secretaria do trabalho e assistência social, cuja secretária na época, era a sua esposa, a primeira dama, Janaína Barros.

 

Já a unidade orçamentária do segundo empenho (0002152) é o gabinete do próprio prefeito.

 

O Instituto Tiradentes, inclusive, foi tema de extensa reportagem do Fantástico da rede Globo deste domingo (6), mostrando a promiscuidade com prefeituras e câmaras de vereadores de todo o País, onde agentes públicos compram medalhas de honra ao mérito e diplomas com dinheiro do contribuinte cujo intuito principal é a promoção pessoal.

 

Para conceder a premiação, o Instituto alega que faz pesquisas perante a população por telefone, principalmente, mas não consegue comprovar a metodologia.

 

Jumento é eleito gestor nota 10

 

Na reportagem do semanal, um repórter consegue negociar um diploma, pasmem os senhores, para um jumento junto a União Brasileira de Divulgação (UBD) por R$ 1.480.

 

A negociação foi feita diretamente pelo repórter e o dono da UBD, Fernando Vieira da Cunha, que concedeu a medalha e o diploma ao Precioso, sem saber lógico, que se tratava de um jumento, símbolo do Nordeste e ainda disse que a sua empresa chega a faturar R$ 50 mil por cada evento.

 

O Precioso é um "gestor nota 10", classificado na pesquisa Nacional de utilidade pública entre os “100 melhores prefeitos do Brasil”.

 

Voltando a Soledade, Geraldo enfrenta altos índices de reprovação perante a população devido a um Governo inoperante, que vai mal das pernas em todos os setores.

 

Além disso, o prefeito investe pesados recursos do erário em propaganda institucional, sendo que a rádio dele (Caruá FM) e o site da emissora, recebem generosas quantias do Tesouro Municipal.

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: 1 pessoa, cavalo, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Da redação com informações do G1

Comentários

Veja também

Facebook