Prefeito de Soledade nega medicamento à criança, denuncia vereador

Saude

06/05/2019 às 11h08

Prefeito de Soledade nega medicamento à criança, denuncia vereador

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 505 VEZES

SOLEDADE (PB) - O vereador, Reginaldo de Babá (PR), fez uso da tribuna da Câmara Municipal, durante sessão ordinária na manhã desta segunda-feira (6), para denunciar que o atual prefeito, Geraldo Moura Ramos (PP), teria negado um medicamento para uma criança.

 

Reginaldo disse que na última quinta-feira (2) a mãe da criança por pouco não armou um barraco no hospital por causa da negativa do medicamento.

 

Reginaldo disse ainda que a ordem do prefeito era para negar o medicamento sob a alegação de que seria dado nesta segunda.

 

Mas o parlamentar disse que tudo isso não passava de uma estratégia do gestor, pois neste intervalo, alguém faria a doação do medicamento e, que, portanto, a Prefeitura não precisaria despender o recurso para doar o remédio à criança.

 

O ex-presidente da Câmara ainda lembra que o prefeito também  é pai e que não deveria agir desta forma.

 

"O senhor é pai também, prefeito, mude esse jeito de governar, pois Soledade está um caos total. Nada contra a equipe, pois é toda competente. Porem tem que ser dada as condições para que o povo seja atendido. Não adianta nada mandar negar as coisas ao povo", pontua Reginaldo.

 

Por fim, ele disse que vai ficar atento ao hospital e que na hora que for acionado pela população, vai ao local e fará lives ao vivo denunciando o descaso.

 

"Sempre que o povo me convocar, irei ao hospital, ligo a câmera do celular e faço as transmissões ao vivo para mostrar o descaso da saúde. Não adianta mandar funcionário me olhar com a cara feia, pois irei sempre defender as pessoas que mais precisam", pondera.

 

Reginaldo finaliza dizendo que na semana passada, havia uma mulher grávida que precisava vir Campina Grande, para Soledade, mas que não havia motorista para dirigir a ambulância.

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook