Prefeito de Soledade está desesperado e ataca por não ter defesa, diz Ivanildo

Politica

17/06/2019 às 17h46

Prefeito de Soledade está desesperado e ataca por não ter defesa, diz Ivanildo

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 1130 VEZES

SOLEDADE (PB) -  O ex-prefeito, Ivanildo Gouveia (2005 -2011), comentou na tarde desta segunda-feira (17), as declarações do atual gestor, Geraldo Moura Ramos (PP), que atribuiu a uma articulação do adversário a saída conjunta de três secretários que renunciaram aos cargos na última sexta-feira (14).

 

“Os secretários saíram porque não aguentavam mais a forma pela qual eram tratados pelo prefeito. Fazia tempo que estavam angustiados e por isso decidiram deixar a gestão que, diga-se de passagem, está envolvida em denúncias de corrupção. Por isso, o prefeito está desesperado. Como não consegue se defender, parte para o ataque contra mim”, disse Ivanildo.

 

Os secretários que entregaram os cargos foram os da Administração (Fábio Matias de Oliveira), Agricultura (Adeilson Antonio de Morais) e Finanças (Ângelo Márcio da Silva Correia).

 

Deixaram também o Governo, Cleiton Almeida (diretor do Instituto de Previdência-IPSOL), Aline Alves de Souto (diretora do departamento de recursos humanos), Adriano de Jesus Araújo da Silva (diretor administrativo e financeiro do IPSOL), Fábio Nóbrega Fialho (gerente Municipal de convênios e contratos) e Roberto Fernandes Guimarães (coordenador de tributos).

 

“Já fui prefeito e fui criticado pela oposição. Ao invés de sair atacando os outros, apresentei provas da lisura da minha gestão. É isso que o prefeito deveria fazer em relação as denúncias de corrupção e peculato”, resume Ivanildo.

 

FonteParlamentoPB

Comentários

Veja também

Facebook