Prefeito de Desterro solicita à Câmara 4ª licença consecutiva de 6 meses

Politica

11/07/2018 às 13h42

Prefeito de Desterro solicita à Câmara 4ª licença consecutiva de 6 meses

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 237 VEZES

DESTERRO - A Câmara de Vereadores, realiza sessão extraordinária nesta quinta-feira (12), para deliberar sobre um novo pedido de seis meses de licença do prefeito, Didi (PR).

 

Eleito em outubro de 2016, Didi desde então, vem tirando seguidas licenças do cargo, alegando problemas de saúde.

 

Já foram três no total, o que dá 1 ano e meio de afastamento e, com mais esse novo pedido, será o quarto consecutivo, totalizando dois anos.

 

Vale salientar que, mesmo afastado do cargo praticamente durante todo o ano de 2017, Didi, eleito três vezes para presidir o município, recebeu salários de R$ 10 mil mensais, entre janeiro e dezembro, totalizando R$ 120 mil neste período.

 

O vice-prefeito, Senhor, também recebeu o mesmo valor pago ao titular licenciado. Ou seja, R$ 10 mil por mês e R$ 120 mil no ano.

 

Isso significa que a população de Desterro, pequena cidade as margens da PB 238, com 8.306 habitantes, no Médio Sertão, pagou R$ 240 mil aos dois prefeitos.

 

A partir de 2018, apenas o prefeito em exercício, ou seja, Senhor, está recebendo os vencimentos e o nome de Didi não consta mais na lista do Sagres do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 

A situação tem maioria na Câmara e, portanto, a licença solicitada por Didi deve ser aprovada sem maiores atropelos.

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook