PF apreende R$ 373 mil na casa de auditora da Receita e ex-conselheira do Carf

Brasil

27/07/2018 às 23h37

PF apreende R$ 373 mil na casa de auditora da Receita e ex-conselheira do Carf

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 505 VEZES

A Polícia Federal apreendeu R$ 373 mil em espécie na casa de uma ex-conselheira do Carf e auditora da Receita Federal, em Recife.

 

A informação foi revelada pelo jornal O Globo.

 

Mércia Trajano foi apontada como cúmplice num esquema que teria favorecido a empresa Paranapanema a se livrar do pagamento de R$ 650 milhões em um processo no tribunal da Receita.

 

A mulher foi um dos alvos na 10ª fase da Operação Zelotes, que ocorreu nesta quinta-feira (26). Além dela, nesta etapa, a PF também mirou o economista Roberto Giannetti, ligado ao PSDB, e Daniel Godinho, secretário de Comércio Exterior no governo de Dilma Rousseff.

 

Segundo O Globo, Mércia votou favoravelmente à Paranapanema. Ela tinha o apelido de “amiga dos memoriais”.

 

A ex-conselheira trocou mensagens com dois investigados sobre o processo em que atuaria no Carf.

 

Meigan Sack e Vladimir Spíndola, de acordo com o jornal, receberam cerca de R$ 2,2 milhões da empresa de Giannetti e são investigados sob a suspeita de terem pago propina aos conselheiros que atuaram no caso, entre eles Mércia.

 

Ela deixou o tribunal da Receita em 2017, quando seu mandato venceu.

 

O nome dela já havia aparecido em outras etapas da Zelotes. Mércia não foi localizada para comentar o assunto.

Comentários

Veja também

Facebook