Parabéns ao vice-presidente da Assembleia Legislativa Genival Matias

Geral

19/06/2019 às 11h13

Parabéns ao vice-presidente da Assembleia Legislativa Genival Matias

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 200 VEZES

O deputado Estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa, Genival Matias Filho (Avante), completa nova idade nesta quarta-feira (19).

 

Conhecido em Juazeirinho como Genivalzinho, o discreto parlamentar sempre preferiu os bastidores da política, onde se locomove com grande facilidade devido a sua alta capacidade de articulação.

 

Mas em 2010, decidiu ingressar na política e se candidatou a deputado Estadual pela primeira vez, obtendo 15.255 votos e se elegeu.

 

Antes, em 2009, Genivalzinho assumiu a presidência do então PTdoB, um partido nanico e sem nenhuma expressão no cenário político Estadual, mas que em pouco tempo, tornou-se uma sigla média, com prefeitos, vic-prefeitos e vereadores eleitos a partir de 2012.

 

Em março de 2013, o mandato de Genivalzinho na Casa de Epitácio Pessoa foi abreviado, haja vista que o TRE fez uma nova recontagem de votos após a validação do registro de candidaturas de alguns políticos que concorreram ao pleito de 2010 subjúdice e Carlos Dunga assumiu a vaga.

 

Genivalzinho continuou trabalhando e fortalecendo o partido nas bases e em 2014, se elegeu com 15. 027 votos.

 

O PTdoB passou a ter dois parlamentares na Assembleia, haja vista que Inácio Falcão também se elegeu naquele pleito.

 

Em 2018, Genivalzinho fez uma ampla mudança do 70, que passou a se chamar Avante, com o ingresso de novas lideranças e a saída de Inácio.

 

Iniciado o pleito, Genivalzinho se elegeu com 26.777 sufrágios e, de quebra, tornou o Avante como o segundo maior partido na Assembleia, com quatro deputados, atrás apenas do PSB, que elegeu cinco parlamentares.

 

Genivalzinho foi também protagonista na condução de Adriano Galdino (PSB), à presidência da Assembleia pelos próximos quatro anos e se torna, consequentemente, como uma liderança eminente da política paraibana.

 

PARABÉNS!

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook