No crise: prefeito de Soledade torra R$ 11 mil só em diárias até agosto

Econômia

17/10/2017 às 11h16

No crise: prefeito de Soledade torra R$ 11 mil só em diárias até agosto

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 756 VEZES

SOLEDADE (PB) - A crise financeira parece que não está atingindo os cofres do Tesouro Municipal, pois em apenas 7 meses, o prefeito, Geraldo Moura Ramos (PP), já torrou quase R$ 11 mil apenas em diárias o que, totalizando, dar uma média de R$ 1.367,00 mensais.

 

Se levarmos em conta que a grande maioria do servidor da Prefeitura recebe um salário mínimo, o que dar menos de R$ 1 mil por mês, isso é uma tremenda vergonha!

 

Fora inúmeras viagens infrutíferas a Brasília, onde o prefeito até o momento não conseguiu sequer um palito de fósforo para beneficiar a população.

 

Geraldo sempre que vai à capital Federal, tira inúmeras fotografias ao lado de personalidades políticas da Paraíba, almoça, janta e toma café em restaurantes caríssimos, se hospeda em luxuosos hotéis  e passa a conta para o povo de Soledade pagar.

 

Em contrapartida, nega um simples veículo para trasladar pessoas que desejam participar de algum cortejo fúnebre com o intuito de prestar uma última homenagem a um ente querido.

 

O chefe do executivo alega que é para economizar, porem o resultado dessa economia serve apenas para ele se locupletar.

 

Veja detalhes das diárias pagas por você contribuinte para o prefeito luxar:

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook