Mulher é presa em Soledade acusada de maus tratos contra a mãe e o irmão

Policial

07/08/2018 às 21h27

Mulher é presa em Soledade acusada de maus tratos contra a mãe e o irmão

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 2207 VEZES

SOLEDADE (PB) - A Polícia Civil (PC) da cidade, através do delegado titular da Comarca, Durval Barros, prendeu nesta terça-feira (7), Isabel Angélica Lopes dos Santos, acusada de maus tratos contra a própria mãe e um irmão, que tem problemas mentais.

 

De acordo com o delegado, a prisão foi motivada após denuncia de populares, que relataram os maus tratos que mãe e filho vinham sofrendo.

 

Durval explica que mãe e filho eram obrigados a viverem em condições sub humanas e dormiam no quintal da casa, sem comida e também sem tomar banho.

 

Enquanto isso, Angélica, de acordo com a autoridade policial, se apropriava dos cartões de benefícios da mãe e do irmão, no valor aproximado de R$ 2 mil, para ostentar uma vida de luxo.

 

"Pela manhã, recebemos na delegacia, a senhora e o seu filho, que é especial. Ambos vêm sofrendo maus tratos praticados por uma filha e dormem no quintal da casa, em um colchão, totalmente desamparados. É uma crueldade sem tamanho e que foge ao bom senso e a razão", afirma o delegado.

 

Mãe e filho chegaram a delegacia de Soledade famintos e maltrapilhos, haja vista que há tempos não tomavam banhos.

 

O delegado mandou comprar comida para os dois e, em seguida, foi até a residência de Angélica e lhe deu voz de prisão, autuando-a em flagrante por maus tratos.

 

Após ouvida e feito os procedimentos de praxe, Angélica foi conduzida à penitenciária feminina, em Campina Grande, onde permanecerá a disposição da Justiça para a audiência de custódia.

 

De forma geral, a sociedade local ficou indignada com a atitude de Angélica, que manteve durante todo este tempo a própria mãe e o irmão em condições sub humanas, enquanto torrava o dinheiro deles em supérfluos.

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e motocicleta

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook