Mortes de casal no Sertão tem característica de crime passional e policial é suspeito

Policial

08/01/2018 às 22h21

Mortes de casal no Sertão tem característica de crime passional e policial é suspeito

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 1004 VEZES

Um casal foi morto com tiros na cabeça enquanto trafegava em um carro na rodovia federal BR-230, entre os municípios de Santa Luzia e São Mamede, no Sertão paraibano.

 

As vítimas morreram dentro do carro em movimento e o veículo ficou descontrolado e saiu da pista.

 

Segundo a Polícia Civil, um ex-policial militar está sendo investigado como principal suspeito.

 

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil, na cidade de Patos, o suspeito é um ex-policial militar que é ex-companheiro da mulher de 27 anos que foi morta no carro.

 

No momento do crime, a vítima estava com o atual marido de 50 anos que dirigia o carro e também foi morto.

 

O crime ocorreu na tarde deste domingo (8). Motoristas que passaram pelo local viram o carro capotado fora da pista e acionaram a Polícia Militar acreditando que havia ocorrido um acidente.

 

Mas, de acordo com a Polícia Militar, ao chegar no local os policiais perceberam que as vítimas tinham marcas de tiros.

 

Em entrevista a TV Paraíba, a delegada Daniela Quirino confirmou que a família relatou que o casal estava recebendo ameaças.

 

“Nós temos informações sobre ameaças e estamos apurando”, disse ela.

 

A informação sobre a suspeita de que o crime teria sido praticado pelo ex-policial foi confirmada por investigador da Polícia Civil e um Polícia Militar, que pediram para não serem identificados.

 

Ainda neste domingo, o Instituo de Polícia Científica (IPC) esteve no local do acidente e realizou uma perícia, que deve indicar como o crime ocorreu.

 

No carro ficaram marcas de tiro no parabrisa. No local onde o carro foi encontrado, as vítimas ainda estavam usando cinto de segurança.

 

Fonte: G1PB

Comentários

Veja também

Facebook