Lançado ODE 2018 importante instrumento de democracia

Paraíba

29/01/2018 às 23h45

Lançado ODE 2018 importante instrumento de democracia

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 332 VEZES

JOÃO PESSOA - O governador Ricardo Coutinho (PSB) lançou, nesta segunda-feira (29), no Palácio da Redenção, o calendário do ciclo de audiências do Orçamento Democrático Estadual (ODE) 2018.

 

Este é o oitavo ano das plenárias que, nas edições anteriores, envolveram a participação de mais de 242 mil pessoas das 14 regiões geoadministrativas do Estado.

 

O Orçamento Democrático 2018 terá início nesta quinta-feira (1º), na cidade de Itaporanga, e segue até abril.

 

Resultado de imagem para Ricardo lança Orçamento Democrático Estadual 2018 e ressalta sua importância como instrumento de democracia

 

A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), o deputado Federal Veneziano Vital do Rêgo (MDB), deputados estaduais,a exemplo de Adriano Galdino (PSB) e Genival Matias (Avante), auxiliares do Governo e conselheiros do Orçamento, estiveram presentes à solenidade.

 

Para o governador, a democracia participativa é fundamental para sustentar qualquer projeto de mudanças que tragam melhorias na vida da população.

 

"O ODE permitiu uma participação completamente diferenciada do povo nas decisões relacionadas às obras do Governo. A cada ano, as plenárias do Orçamento Democrático atraem mais gente e isso acontece porque o povo entende a importância desse instrumento de democracia participativa”, observa.

 

Resultado de imagem para Ricardo lança Orçamento Democrático Estadual 2018 e ressalta sua importância como instrumento de democracia

 

Ele destaca que mais de R$ 6 bilhões já foram investidos em obras demandadas por meio do Orçamento Democrático.

 

"A participação popular no ODE faz uma diferença enorme na Paraíba. Priorizamos as ordens de investimento de acordo com as demandas e assim estamos construindo uma mentalidade coletiva que incentiva a participação do cidadão. O ODE é essencial para que o Estado seja ainda mais transparente e democrático", pontua.  

 

O secretário executivo do ODE, Gilvanildo Pereira, frisa que o modelo gera o diálogo social, dando vez e voz à população e que este ano, além do voto presencial, as pessoas poderão participar online.

 

"A expectativa é que a sociedade possa comparecer e lotar as audiências. Porém este ano, também teremos a participação digital, que é uma inovação, ou seja, qualquer cidadão, onde quer que esteja, poderá baixar um aplicativo, disponível nos dias de audiências e votar nas três prioridades de cada região", explica.

 

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, ressalta que foi por meio do ODE que o Estado teve a capacidade de dar respostas mais rápidas às necessidades da população.

 

Resultado de imagem para Ricardo lança Orçamento Democrático Estadual 2018 e ressalta sua importância como instrumento de democracia

 

"Com este instrumento conhecemos melhor cada região e foi possível pensar em soluções para as demandas de cada área. O ODE está consolidado e este ano vem ainda mais forte", afirma.

 

"Que todas as regiões tenham excelentes audiências", finaliza o secretário.

 

Everaldo Domingos é conselheiro do ODE da cidade de Sapé e disse que uma das principais necessidades do povo da região é abastecimento de água.

 

"Acredito que o povo vai eleger a questão da água como uma das prioridades desse ano. Vamos apresentar as dificuldades e aguardar as soluções por parte do Governo. O Orçamento é uma grande forma de diálogo em prol dos paraibanos", avalia.

 

"O trabalho dos conselheiros é muito importante porque nós somos os olhos do povo para levar as demandas ao Governo. O Orçamento Democrático é um instrumento essencial na luta por melhorias para os paraibanos. Posso citar um exemplo no bairro no Geisel, onde moro, lá tem uma escola que foi reformada após o povo pedir nas plenárias e hoje a unidade de ensino está linda, atendendo bem a todos os estudantes", fala a conselheira do ODE de João Pessoa, Tânia Maria.

 

Os municípios de Itaporanga, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Princesa Isabel, Patos, Taperoá, Sumé, Guarabira, Cuité, Itabaiana, Esperança, Solânea, Mamanguape, Campina Grande e João Pessoa serão as sedes das plenárias deste ano, que devem reunir representantes das 223 cidades do Estado.

Comentários

Veja também

Facebook