Justiça autoriza construção do novo mercado de Puxinanã e desmoraliza oposição

Geral

25/05/2019 às 09h25

Justiça autoriza construção do novo mercado de Puxinanã e desmoraliza oposição

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 265 VEZES

A Juíza da Comarca de Pocinhos, Carmen Helen de Brito, negou pedido da oposição da cidade de Puxinanã, que pedia o embargo da construção do novo mercado público da terra dos lajedos, obra essa orçada em mais de R$ 1.2 milhão e que beneficia o comércio da região.

 

A oposição, capitaneada pelo presidente da Câmara puxinanaense, Didi da Farinha (Podemos), através de um abaixo assinado, pedia que o novo mercado não fosse construído por pura politicagem. 

 

Mas prevaleceu o interesse o e a magistrada acatou os argumentos da Prefeitura de Puxinanã, através de sua procurador jurídica.

 

Desta forma, a construção do novo mercado está liberada e a oposição desmoralizada, pois pretende inviabilizar o desenvolvimento do município por pura politicagem.

 

O prefeito, Felipe Coutinho (PRB), comemorou a decisão judicial e disse que o bem sempre prevalece sobre mal.

 

"A Justiça, mais uma vez, foi feita e, em breve, teremos uma obra de grande porte em nosso munícipio", alegra-se o alcaide. 

 

"Gostaria de agradecer a excelentíssima Dra juíza Carmen Helen de Brito pela sabedoria e pelo seu discernimento de julgar o interesse público  de toda a  população e a melhoria para nossa querida Puxinanã, acima dos desejos individuais em beneficio próprio de um minusculo grupo", conclui o prefeito. 

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook