Juazeirinhense é assassinado pela própria companheira em Brasília

Policial

06/06/2017 às 23h37

Juazeirinhense é assassinado pela própria companheira em Brasília

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 5707 VEZES

BRASÍLIA - Mais um juazeirinhense morre de forma trágica. Desta vez,a vítima foi o popular, "Cicinho", assassinado pela companheira na madrugada do último domingo (4) no Distrito Federal.

 

"Cicinho" foi assassinado a facadas dentro de casa.

 

O helenolima.com ainda não obteve informações precisas, porem pelas fotos enviadas à nossa redação, pode-se perceber que o casal estava brigando, haja vista que a mulher, que foi presa pela polícia, estava com a cara toda ensanguentada.

 

Já o juazeirinhense estava caído em um local da residência com uma faca enterrada em suas costas.

 

"Cicinho" vivia em Brasília há alguns anos. Na Paraíba, ele cumpria alguns anos de pena no presídio do Serrotão, em Campina Grande, mas havia bastante tempo que tinha se livrado da pena.

 

Ele era filho da popular, "Gracinha de Antonio Preto" e de "Antonio de Chico Velho", ambos naturais da região polarizada pelo sítio Antonio Ferreira, mas que residem na cidade há muitos anos.

 

Na última sexta-feira (2), outro juazeirinhense, o caminhoneiro, "Yuri de Gaivota", foi assassinado a tiros em Recife.

 

Aguarde mais informações a qualquer momento sobre este episódio da morte de "Cicinho".

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook