Jogador sofre parada cardíaca na beira do campo e morre em Petrolina

Esporte

14/02/2018 às 10h26

Jogador sofre parada cardíaca na beira do campo e morre em Petrolina

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 563 VEZES

PETROLINA (PE) - Uma notícia trágica pegou o mundo do futebol de surpresa na noite dessa terça-feira de Carnaval.

 

O meia Danilo Caçador, mais conhecido por Danilinho, sofreu um mal-súbito durante o treino da sua equipe, o Juazeirense, chegou a ser levado ao hospital às pressas, mas não resistiu e acabou falecendo.

 

Danilinho, de 32 anos, era natural de Bauru, cidade do interior de São Paulo, e deixou um filho de 10 anos.

 

Tudo aconteceu no estádio Paulo Coelho, em Pernambuco.

 

O camisa 10 da equipe estava a beira do campo, observando seus companheiros, quando se sentiu mal.

 

Imediatamente, o jogador foi levado ao hospital mais próximo, o Memorial de Petrolina.

 

O presidente do Juazeirense utilizou o próprio carro para levar Danilinho ao hospital.

 

Depois de uma viagem de apenas 10 minutos, o atleta foi atendido pelos médicos, mas não conseguiu reagir e acabou não suportando o infarto.

 

O Juazeirense contratou Danilinho em dezembro de 2017 e nessa temporada havia utilizado o jogador apenas na estreia da equipe pelo Campeonato Baiano, no empate por 2 a 2 com o Vitória, no Barradão.

 

O meia ficou 61 minutos em campo na ocasião.

 

A missão de Danilinho era comandar o meio de campo de seu time nessa temporada de estreia no Campeonato Brasileiro da Série C.

 

Além disso, a equipe vem liderando o Estadual.

 

Antes de chegar ao Juazeirense, Danilinho passou por Chapecoense, Figueirense, Atlético-GO, Cuiabá, Itumbiara, Icasa e jogou a Série C do Brasileiro no ano passado pelo Remo, do Pará.

 

Danilinho defendeu a Chapecoense em 2013

Danilinho nos tempos da Chapecoense

 

Bruno Alencastro / Agencia RBS

No Ypiranga do Rio Grande do Sul

 

Resultado de imagem para danilinho

No Crack do Acre

 

Numa jogada do Juazeirense

 

Fonte: Gazeta Net

Comentários

Veja também

Facebook