Jarbas já aderiu e o próximo pode ser Olivanio, para desespero de Buba

Politica

08/06/2019 às 11h34

Jarbas já aderiu e o próximo pode ser Olivanio, para desespero de Buba

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 312 VEZES

O prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas Melo (PSD), bateu o martelo essa semana com o governador, João Azevedo (PSB) e, apartir de agora, íntegra a sua base.

 

O deputado Estadual, Genival Matias (Avante), foi o responsável pela articulação.

 

Quem não está gostando nada disso é o deputado Estadual, Buba Germano (PSB), considerado o manda chuva das regiões do Curimataú e Seridó, mas que vem perdendo força política e prestígio perante o Governo do Estado, desde a saída de Ricardo Coutinho (2011 2018) e a ascensão de João.

 

Os ex-prefeitos de Pedra Lavrada, Tota Guedes (2005 -2012) e Roberto Vasconcelos (2013 -2016), aliados de primeira hora do governador, também não devem está nada satisfeitos com a adesão de Jarbas.

 

Olivanio deve ser o próximo a aderir

 

Mas se Buba está fumaçando pelas ventas de tanta raiva com a chegada de Jarbas à base girassol, ele pode ficar mais zangado ainda com a possível adesão de ninguém mais ninguém menos do que Olivanio Remígio (PT), desafeto do deputado e atual prefeito de Picuí.

 

Buba não engole Olivanio, responsável por derrotar o grupo do parlamentar em 2016 e por fim a 12 anos ininterruptos de poder.

 

O derrotado foi Renan, irmão de Buba e, em 2020, tudo indica que a adversária do atual prefeito da capital da carne de sol, será Gilma, esposa do deputado e que também foi deputada entre 2007 e 2010.

 

O deputado Estadual, Chió (REDE), articula o desembarque de Olivanio na base de João.

 

O secretário de Estado da agricultura familiar e desenvolvimento do semiárido, Luiz Couto, ex-deputado Federal e amigo pessoal de Olivanio, também quer vê-lo aliado do governador, para desgosto de Buba.

 

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook