Há infiltração política na greve dos caminhoneiros? Padilha garante que sim

Brasil

28/05/2018 às 22h30

Há infiltração política na greve dos caminhoneiros? Padilha garante que sim

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 178 VEZES

BRASÍLIA - Em entrevista concedida nesta segunda-feira (28), o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirma que há “infiltração política” na paralisação dos caminhoneiro.

 

Segundo ele, este é o motivo para o atraso no fim da greve dos profissionais mesmo depois de o governo ter fechado acordos com os sindicatos.

 

O ministro afirmou que a informação de que há pessoas infiltradas foi oferecida pelos próprios caminhoneiros e explicou que a Polícia Rodoviária Federal sabe quem são eles e que deve começar a retirar esses indivíduos.

 

“A PRF conhece as estradas onde trabalha, conhece quem é líder do movimento caminhoneiro e sabe das infiltrações políticas. Ela está mapeando e não quer cometer nenhuma injustiça. Com muita cautela, vai começar a separar os infiltrados”, declara.

 

Fim da greve

 

Questionado sobre o fim da greve, Padilha não determinou prazos, mas afirmou que o fim da paralisação não é “um movimento tão rápido quanto gostaríamos”. Atendemos as reivindicações na plenitude. Esperamos também plenitude no compromisso assumido de retomada do transporte na sua normalidade. A velocidade disso não podemos definir. Estamos removendo os óbices”.

Comentários

Veja também

Facebook