Geisel deu ordem para matar com injeção de sacrificar cavalos

Brasil

17/05/2018 às 09h56

Geisel deu ordem para matar com injeção de sacrificar cavalos

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 276 VEZES

Os documentos da CIA que tratam do período da ditadura militar no Brasil, revelados pelo pesquisador Matias Spektor há uma semana, ainda trazem novas informaçōes sobre as açōes dos militares durante o regime.

 

O ex-presidente Ernesto Geisel, além de ter dado aval à morte de opositores, ordenou o uso da injeção de sacrificar cavalos em pessoas.

 

Em depoimento, um ex-agente relatou que a injeção foi utilizada para assassinar José Montenegro Lima, conhecido como Magrão, sequestrado e torturado pelos militares em 1975.

 

O caso foi revelado pelo jornal O Globo.

 

O ex-chefe do DOI-Codi, Audir Santos Maciel, foi denunciado pelo Ministério Público Federal em ação rejeitada pela Justiça com o uso da Lei da Anistia.

 

Na semana passada, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu a reabertura do caso.

 

O memorando da CIA aponta Magrão como uma das vítimas da Operação Radar, que perseguiu militantes do Partido Comunista Brasileiro, sigla contrária à luta armada.

Comentários

Veja também

Facebook