Evento marca adesão e renovação de convênio da Rede Escola SUS-PB

Saude

17/12/2018 às 20h48

Evento marca adesão e renovação de convênio da Rede Escola SUS-PB

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 363 VEZES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), reuniu, nesta segunda-feira (17) a tarde, 39 instituições de ensino superior e técnico para a assinatura dos termos de adesão ou renovação do convênio da Rede Escola SUS-PB, que utilizam e/ou pretendem usar os serviços de saúde do Estado, por meio de estágio, pesquisa, extensão e/ou com programas de residência médica e multiprofissional.

 

O evento aconteceu no Campus I, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no auditório de Fonoaudiologia, e os termos foram assinados pela secretária de Estado da Saúde, Claudia Veras, e os representantes das instituições.

 

 “Estamos muito felizes pela participação na construção da Rede Escola e mais felizes ainda por encerrar o ano com metas alcançadas e uma série de desafios e quero reafirmar o compromisso da Saúde com as Instituições de Ensino, fortalecendo cada vez mais a Rede Escola”, disse Claudia.

 

 

 No Complexo Hospitalar Clementino Fraga, estão inseridas mais de 10 instituições de ensino.

 

 

“Nos honra muito fazer parte da Rede Escola e é muito importante ter o SUS como cenário de prática. Nos possibilita sair de um lugar de acomodação para um outro de construção, a todo momento”, pondera a diretora geral do Clementino, Thaís Matos.

 

 

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Rangel Júnior, também esteve na solenidade e falou da importância da relação estudo/prática.

 

 

“A Rede Escola possibilita novos campos de estágio para formação profissional vincular o que estuda com a prática”, observa.

 

 

“A FCM tem muito orgulho desse convênio com o Governo do Estado e estamos abertos a mais parcerias”, fala o diretor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Sérgio Ricardo.

 

 

A adesão ao convênio é voluntária, com o objetivo de propiciar aos estudantes e professores condições e facilidades para o adequado aproveitamento das experiências e aprendizagem em serviço, vislumbrando o disposto no Projeto Político-Pedagógico de cada curso e os pressupostos do SUS quanto a “participação na formulação e na execução da política de formação e desenvolvimento de recursos humanos para a saúde”, conforme a Lei Orgânica da Saúde.

Comentários

Veja também

Facebook