Em jogo emocionante Ferroviário bate o Campinense por 3 a 2 no Castelão

Esporte

01/07/2018 às 23h43

Em jogo emocionante Ferroviário bate o Campinense por 3 a 2 no Castelão

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 269 VEZES

FORTALEZA - Em uma partida memorável realizada na noite deste domingo (1) na Arena Castelão, pelas quartas de finais do Campeonato Brasileiro da Série D, o Ferroviário derrotou o Campinense por 3 a 2.

 

O Campinense jogava melhor e pressionava o Tubarão, tanto é que teve um gol anulado erroneamente pelo árbitro, Edson Daronco.

 

Mas o Ferrim conseguiu abrir o placar através do artilheiro da Série D, Edson Ariús, numa cobrança de pênalti: 1 a 0.

 

A Raposa Feroz não se intimidou e buscou o empate com o centro avante, Denilson, que recebeu cruzamento e, no meio de dois zagueiros, cabeceou para o fundo das redes: 1 a 1.

 

Porem o time de Campina Grande deu espaços para a equipe cearense, que novamente voltou a frente do placar em um belo chute de fora da área do experiente Juninho Quixadá, no canto esquerdo de Jeferson: 2  a 1.

 

No segundo, o Campinense continuava jogando de igual para igual com o Ferroviário, porem acabou sofrendo mais um gol de fora da área num momento muito feliz de Janeudo, ex-atleta do rubro negro, que mandou um petardo de perna direita no ângulo esquerdo de Jeferson: 3 a 1.

 

Mesmo assim, a Raposa não sentiu o golpe e pressionou o time coral até conseguir diminuir em um contra ataque fulminante de Danilo Bala, que jogou por entre os pernas do goleiro, Gleibson: 3 a 2.

 

O Campinense ainda teve algumas chances para empatar a partida e, numa delas, o camisa de número 5 Jorginho, meteu uma bicicleta e a bola caprichosamente bateu no poste esquerdo de Gleibson, saindo para tiro de meta.

 

Com a vitória, o Ferroviário fica a um empate para conquistar o acesso á Série C 2019 na próxima segunda-feira (9) a noite no Amigão, em Campina Grande.

 

Á Raposa, com o apoio maciço de sua vibrante torcida, uma vitória por dois gols de diferença lhe garante o acesso.

 

Se vencer por um gol de diferença, aí a vaga será decidida nos pênaltis.

 

Ficha técnica:

 

Ferroviário-CE– Gleibson; Lucas Mendes, Luis Fernando, André Lima e Sávio; Mazinho, Janeudo e Leanderson; Esquerdinha (Valdeci), Juninho Quixadá (Dudu) e Edson Cariús (Vitinho). Técnico: Marcelo Vilar


Campinense – Jeferson; Douglas Santos, Willian Goiano, Rafael Jensen e Zeca; Gustavo Henrique, Felipe Macena (Beto) e Jorginho; Denilson, Thiago Potiguar (Marcinho) e Danillo Bala. Técnico: Ruy Scarpino


Gols – Edson Cariús (F) 23min, Denilson (C) 33min, Juninho Quixadá (F), 35min do 1ºT, Janeudo (F) 16min; Danilo Bala (C), aos 32min do 2ºT
 

Cartões Amarelos– Juninho Quixadá, Vitinho e André Lima (F); Luiz Fernando e Danilo Bala (C)
 

Árbitro – Anderson Daronco (RS)
 

Assistentes – Kleber Lucio Gil (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)

Comentários

Veja também

Facebook