Contas dos prefeitos de Boqueirão e Cubati são reprovadas pelo TCE

Paraíba

27/11/2018 às 22h46

Contas dos prefeitos de Boqueirão e Cubati são reprovadas pelo TCE

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 246 VEZES

JOÃO PESSOA - O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido, extraordinariamente, nesta terça-feira (27), emitiu, por maioria, parecer contrário à aprovação das contas de 2017 do prefeito de Cubati, Dudu Dantas (PSB), que respondeu por gastos excessivos com a folha de pessoal e recolhimento insuficiente de contribuições previdenciárias. 

 

A gestora do Fundo de Saúde do Município, Constança Denize Dantas Gonçalves, teve a prestação de contas desse mesmo exercício desaprovadas pelo Tribunal que a ela impôs o débito de R$ 49.011,94, em vista de saldo não comprovado.

 

Cabe recurso contra ambas as decisões tomadas conforme entendimento do conselheiro substituto Antonio Cláudio Silva Santos, relator do processo.

 

Também foram reprovadas as contas de 2016 do prefeito de Boqueirão, João Paulo Segundo (PSD), em vista da contratação excessiva de servidores por excepcional interesse público e não recolhimento de contribuições patronais devidas à Previdência, como entendeu o relator Renato Sérgio Santiago Melo.

 

Também cabe recurso.

 

Vale salientar que essa é a terceira prestação de contas de João Paulo reprovada pelo TCE, que antes já tinha tido as contas de 2014 e 2015 rejeitadas por essa corte.

 

 Houve aprovação às contas de 2017 entregues pelos prefeitos de Nova Palmeira (Ailton Gomes Medeiros) e Santo André (Silvana Fernandes Marinho).

 

O TCE ainda aprovou as de 2017 oriundas da Fundação Ernani Sátyro. 

Comentários

Veja também

Facebook