Comércio de flores aquecido no centro de Campina Grande

Econômia

02/11/2017 às 00h58

Comércio de flores aquecido no centro de Campina Grande

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 134 VEZES

CAMPINA GRANDE- Nesta quarta-feira (1º), o comércio de flores na Rainha da Borborema ficou super aquecido.

 

As margens da avenida Floriano Peixoto, por exemplo, mais precisamente ao redor da Feira Central e bem próximo a Catedral, havia muitas tendas montadas com flores para vender.

 

E não parava de chegar pessoas interessadas na compra desses dois produtos para enfeitar os túmulos e covas dos seus entes queridos nos cemitérios da cidade durante essa quinta-feira (2), o Dia de Finados.

 

Mas os compradores não eram apenas de Campina Grande, não. Tinha também pessoas de outras cidades circunvizinhas, que aproveitaram a grande variedade de flores para adquirirem o produto.

 

O preço de um ramalhete de flores, no início do dia, custava R$ 5. Porem por volta das 15 horas, já estava três ramalhetes ao custo de R$ 10.

 

Pelo menos os vendedores ouvidos pelo helenolima.com estavam satisfeitos com o volume das vendas e todos disseram que a crise não deu as caras, pois as vendas estavam ótimas.

 

Segundo eles, aqueles que sempre deixam para comprar as flores de última hora, ou seja, no próprio Dia de Finados, irão continuar aquecendo o comércio de flores na Rainha da Borborema.

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre e comida

A imagem pode conter: planta, flor e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, planta e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, árvore e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: planta e flor

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook