Com pastor descolado e traje de R$ 8 mil: Eduardo Bolsonaro sobe ao altar sem se preocupar com gastos

Geral

21/05/2019 às 08h53

Com pastor descolado e traje de R$ 8 mil: Eduardo Bolsonaro sobe ao altar sem se preocupar com gastos

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 549 VEZES

Em meio ao governo em crise, a família do Presidente da República faz contagem regressiva para o casamento do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) com a psicóloga gaúcha Heloísa Wolf.

 

O casal oficializa a união no próximo dia 25 de maio, no Rio de Janeiro, com cerimônia e festança para cerca de 200 convidados.

 

Eduardo, 34 anos, é o terceiro filho de Jair Bolsonaro. Ele e a noiva, sete anos mais nova, estão juntos desde o Réveillon de 2016 e o pedido de casamento aconteceu em dezembro do ano passado.

 

Yahoo conversou com Márcia Santiago, cerimonialista do casamento e descobriu alguns detalhes sobre a festança, que custou no mínimo cerca R$ 100 mil. Há três meses envolvida nos preparativos, a expert afirma que será “um evento normal e sem grandes extravagâncias”. Será?

 

A especialista os define como um casal simples e tranquilo e dá um spoiler: “A princípio, achei que pudesse ter algo que exigisse mais de mim, mas a festa vai refletir muito da personalidade dos noivos”, diz.

 

Os noivos foram participaram ativamente do processo, mas deram carta branca à profissional. “Aceitaram todas as indicações que apresentei a eles. A Helô é uma noiva bem decidida, mas sempre escuta o Eduardo e, no fim, eles acabam escolhendo tudo juntos”, conta.

 

R$ 30 mil só para ter o Pão de Açúcar ao fundo

 

O casal vai dizer “sim” na exclusiva Casa de Santa Teresa. O espaço tem uma das melhores vistas da cidade - diretamente para o Pão de Açúcar.

 

O aluguel do espaço para um casamento de 200 pessoas é de, pelo menos, R$ 30 mil.

 

O valor, no entanto, não é mais caro por ser no mês das noivas.

O enlace começará pontualmente às 17 horas para que o pôr do sol também seja uma atração e terá duração de uma hora.

 

A festa também acontecerá no local.

 

Segundo a cerimonialista, o local do casamento foi uma das primeiras decisões que os noivos tomaram.

 

Heloísa fez questão do espaço, foi paixão à primeira vista. “Ela se encantou de cara com a vista do local", conta Márcia.

 

“Íntimo” para quase 200 convidados

 

Os noivos pensaram em uma cerimônia íntima para amigos e familiares, mas vamos aos números...

 

Eles esperam cerca de 200 convidados, 50 a menos que a capacidade máxima do local - bastante gente, não?

 

“Acredito que eles tentaram selecionar apenas as pessoas que são bem presentes”, comenta Márcia. Apesar da extensa lista, a noiva garantiu no Instagram que não se trata de um “casamento de princesa”.

 

O casal também escolheu oito casais de padrinhos e madrinhas que “sempre torceram pelo relacionamento”.

 

Entre elas, está a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

 

Seguindo o bonde dos ricos e famosos... Ilhas Maldivas no roteiro

 

O casal abriu um site com uma lista de presentes para que os convidados possam consultar.

 

Eles pedem itens para a decoração do lar do casal em Brasília e passeios para a lua de mel, que será nas Ilhas Maldivas.

 

Cores claras e muitas flores

 

Sem surpresas: casamento segue a tendência dos tons pastel. “Mas não terá uma cor predominante, buscamos uma harmonização", revela a cerimonialista.

 

O casal está acompanhando todos os detalhes da organização, mas confia nas escolhas de Márcia Santiago.

 

Heloísa, no entanto, fez questão de definir as flores. Para ela, hortênsias nos arranjos, por favor.

 

Pastor “descolado”

 

Eduardo e Heloísa fizeram poucos pedidos para o casamento, de acordo com a organizadora.

 

Um deles veio do deputado: um pastor “descolado” para celebrar a união. Pedro Litwinczuk, o pastor Pedrão, é o sortudo.

 

Ele é da Igreja Comunidade Batista do Rio (CBRIO) e foi escolhido a dedo pela mãe do noivo, Rogéria Bolsonaro.

Pedrão é conhecido pelo bom-humor e brincadeiras que faz durante os cultos na igreja. Nas pregações, ele dispensa trajes formais, mas deve aparecer de terno e gravata para ocasião.

 

Dama de honra inusitada

 

Mas não é só o pastor “diferentão” que vai roubar a cena na cerimônia.

 

A cachorrinha de estimação do casal, a vira-lata Beretta, também estará no grande dia dos donos.

 

Ela será uma das damas de honra ao lado de Laura, irmã mais nova de Eduardo e fruto do casamento do presidente com Michelle Bolsonaro.

 

A cadela, inclusive, herdou a característica do pai de movimentar as redes sociais: ela tem um Instagram com mais de 30 mil seguidores. É influenciadora que fala?

 

Traje de R$ 8 mil

 

Assim como a maioria das noivas brasileiras, Heloísa faz mistério em torno do modelo que escolheu para o grande dia, mas chegou decidida no ateliê da estilista paulistana Marie Lafayette.

 

“Será um vestido clássico e contemporâneo. Helô já chegou com uma ideia do que queria e a estilista desenhou um modelo exclusivo com tudo o que a noiva sonhou", conta Márcia.

 

O look do noivo, no entanto, não é surpresa. Eduardo vestirá um terno azul claro e colete prateado feito sob medida pelo estilista Eduardo Guinle, uma indicação da cerimonialista.

 

A cor escolhida tem tudo a ver com a decoração e o cenário.

 

Estima-se que Eduardo desembolsou cerca de R$ 8 mil no traje.

 

Bons drinks

 

O consumo de álcool em casamentos evangélicos é um assunto que divide opiniões entre os religiosos.

 

Questionada sobre o cardápio de bebidas, Márcia Santiago garante que “os noivos procuraram fazer uma festa bem democrática como o intuito de agradar a todos os seus convidados". Fica em aberto...

 

Fica, vai ter bolo gourmet

 

O bolo do casamento deve ser uma das atrações da festa. Eduardo e Heloísa participaram de algumas degustações e apostaram na cake designer Ivanilda Pinheiro.

 

“Será um bolo tradicional com uma montagem diferenciada”, entrega a organizadora. Chique!

 

Sobre o menu do jantar, podemos esperar um cardápio eclético. Os noivos são “simples”.

 

"Selecionaram opções variadas de uma gastronomia contemporânea”, diz a cerimonialista.

 

Ao todo, a comemoração terá seis horas de duração contando a cerimônia religiosa e a festa.

 

O registro ficará cargo de Davi Nascimento, que clicou o ensaio pré-wedding dos pombinhos.

 

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, cão

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: mesa e planta

A imagem pode conter: atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre

Comentários

Veja também

Facebook