Câmara de Tenório antecipa eleição da mesa diretora para o biênio 2019/20

Politica

05/06/2017 às 12h54

Câmara de Tenório antecipa eleição da mesa diretora para o biênio 2019/20

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 228 VEZES

TENÓRIO - Na próxima sexta-feira (9) a noite, a Câmara de Vereadores se reúne para votar a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e também a eleição antecipada para formação da nova mesa diretora da Casa Ladislau Cordeiro de Lima para o biênio 2019/20.

 

Por enquanto, de acordo com informações obtidas pelo helenolima.com, apenas um candidato a presidente vai concorrer.

 

Trata-se de Manoel Vasconcelos (PSB), vereador mais votado na eleição do ano passado com 225 votos.

 

Ele integra a base situacionista e é homem da inteira confiança do atual prefeito, Evilázio de Araújo Souto (PSB).

 

A base governista na Câmara tenorense é composta por 6 parlamentares e isso garante, em tese, uma eleição tranquila na formação da nova mesa.

 

No entanto, existe nos bastidores algumas rusgas e uma delas aponta para o vereador, Jusa (PP), que ensaiou uma disputa pela presidência.

 

Mas ao portal ele disse que não vai concorrer ao cargo, deixando o caminho aberto para Vasconcelos.

 

Outro vereador da base de situação e que também tem interesse no comando do legislativo é Manoel Balduíno (PRB).

 

A interlocutores, Evilázio tem dito que a disputa dentro da base por votos é salutar e que ele não fará objeção por nenhum nome apresentado, desde que seja aliado do Governo.

 

O prefeito tem procurado se manter distante da disputa, mas tem dito que pode entrar no jogo se algum vereador de sua base procurar oposicionistas para composição de chapa.

 

"O que o prefeito quer é que sua base permaneça coesa. Ele não tem preferência por nomes para comandar a Câmara, desde que seja um nome aliado incondicional do Governo. Por isso, tem se mantido afastado e observando a disputa a distância. Agora, se algum vereador procurar a oposição com o intuito de precipitar um racha, ele vai usar seu prestigio e tentar influenciar", disse uma fonte de inteira confiança do chefe do executivo.

 

Oposição

 

Nossa reportagem procurou o vice líder da oposição, Ezequiel (Podemos), que disse não ter interesse em participar da disputa.

 

Indagado se seria possível que os três oposicionistas votar no candidato da situação, Ezequiel disse que o grupo vai se reunir no decorrer da semana para dirimir sobre o tema e tentar chegar ama definição.

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área interna

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook