Caixa d'água rompe e derruba parte de muro da Cagepa na capital

Geral

24/06/2018 às 20h19

Caixa d'água rompe e derruba parte de muro da Cagepa na capital

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 341 VEZES

JOÃO PESSOA - Um reservatório de água estourou e derrubou parte do muro lateral da sede da Companhia de Água e Esgotos (Cagepa), na avenida João Machado, na tarde deste domingo (24).

 

As causas do incidente ainda são desconhecidas, segundo a estatal.

 

Água, blocos de concreto e outros entulhos foram lançados à pista por conta do impacto causado pelo rompimento do reservatório.

 

Um corretor de automóveis que passava pelo local conta que ficou muito assustado, pois por pouco não acabou ferido por algum dos destroços.

 

O carro dele, no entanto, ficou cheio de água e foi atingido por pedaços do muro do prédio da Cagepa.

 

Os entulhos atrapalharam o tráfego de veículos na avenida João Machado e agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), foram ao local para ajudar na desobstrução do trânsito, mas a rua não precisou ser interditada.

 

Em nota à imprensa, a diretoria da Cagepa informou que instaurou uma comissão de técnicos para investigar as causas do incidente.

 

O texto ressalta que “apesar dos impactos, foram causados apenas danos materiais”.

 

Devido ao rompimento da parede do reservatório, o abastecimento de água nos bairros Jaguaribe, centro, Varadouro, Roger, Tambiá, Alto do Céu, Salinas Ribamar, Porto de João Tota e Vem-Vém, precisou ser interrompido.

 

“Técnicos da Cagepa estão trabalhando para retomar parcialmente fornecimento de água nas áreas afetadas. Enquanto os serviços estiverem sendo executados, o abastecimento de água nessa região funcionará de forma intermitente, ocasionando interrupções temporárias. A previsão é de que normalização total do sistema ocorra até o final desta semana”, acrescenta o comunicado.

 

Segundo a Cagepa, moradores das localidades afetadas podem tirar dúvidas pelo telefone 115, que também atende ligações de celular.

 

Veja vídeo AQUI


Da redação com portal Correio e colaboração de Ludmila Costa, da TV Correio

Comentários

Veja também

Facebook