Banco cobra dívida milionária de R$ 4,4 milhões ao prefeito de Soledade

Econômia

30/01/2018 às 16h13

Banco cobra dívida milionária de R$ 4,4 milhões ao prefeito de Soledade

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 589 VEZES

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), cobra, através de uma ação de título extrajudicial, uma dívida de R$ 4.404.651,68, da Moura Ramos Gráfica e Editora LTDA, de propriedade do atual prefeito de Soledade, Geraldo Moura Ramos (PP).

 

O prefeito é citado na qualidade de avalista fiador do empréstimo milionário a instituição bancária, mas que não foi honrado, apesar de inúmeras renegociações.

 

O BNB pede ainda que a Justiça bloqueie bem móvel de propriedade do prefeito dado como garantia no ato de assinatura do contrato e que outros sejam indicados para que também sejam penhorados para quitação da dívida.

 

Veja cópias da ação:

 

A imagem pode conter: texto

A imagem pode conter: texto

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook