Anvisa proíbe a venda de linha de alisante para o cabelo

Saude

25/09/2018 às 21h21

Anvisa proíbe a venda de linha de alisante para o cabelo

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 309 VEZES

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, distribuição, divulgação e venda dos produtos para cabelo da linha Liss Absolut Expert.

 

De acordo com a agência, os itens foram proibidos porque são fabricados por uma empresa desconhecida.

 

A Anvisa informa que os produtos da linha Liss Absolut são vendidos pela internet, em sites como o Mercado Livre, em páginas de vendas e também em redes sociais.

 

De acordo com o anúncio, a linha é voltada para o uso profissional.

 

A agência ressalta ainda que é preciso tomar cuidado com os alisantes, já que eles podem conter substâncias irritantes para a pele que podem causar queimaduras graves no couro cabeludo, a quebra dos fios ou mesmo queda do cabelo.

 

“Todos os alisantes, inclusive os importados, devem obrigatoriamente ser registrados na Anvisa, pois podem possuir substâncias proibidas, de uso restrito e em condições e concentrações inadequadas, que podem ser nocivas”, ressalta a Anvisa.

 

Antes de utilizar o produto, a indicação é que o cliente verifique na embalagem do produto se ele possui registro junto a agência.

Comentários

Veja também

Facebook