Ações no setor mineral são debatidas durante seminário em Santa Luzia

Paraíba

22/07/2019 às 19h46

Ações no setor mineral são debatidas durante seminário em Santa Luzia

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 192 VEZES

SANTA LUZIAGarimpeiros, pesquisadores, empresários do setor mineral, autoridades municipais, Estadual e Federal participaram do VIII Seminário Comemorativo ao Dia do Garimpeiro, na capital do Sabugi paraibano, no sábado (20).

 

O evento foi realizado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente (Seirhma), por meio da Diretoria de Recursos Minerais e Hidrogeologia (DRMH), na Escola Estadual Cidadã Integral Padre Jeronimo Lauwen, onde é ofertado o curso técnico em Mineração.

 

O diretor da DRMH, Marcelo Falcão, representando o Governo do Estado, agradeceu a presença e as parcerias que possibilitaram a realização de mais um evento alusivo ao Dia do Garimpeiro, comemorado no dia 21 de julho.

 

Segundo ele, a atividade de mineração é muito importante para a região do Seridó paraibano e extremamente significativa para a economia do Estado.

 

Marcelo fez uma apresentação sobre o tema: Seridó Paraibano - Uma Área de Relevante Interesse Mineral, com um resgate histórico do setor mineral na Paraíba, desde a Segunda Guerra Mundial, além de falar das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio de capacitações, visitas de campo e incentivos às cooperativas do setor, com o propósito de realizar uma mineração sustentável.

 

O superintendente Regional da Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM)/Serviço Geológico do Brasil, Vanildo Almeida Mendes, fez uma apresentação sobre o setor mineral nos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas.

 

De acordo com ele, o evento é muito importante para mobilizar os garimpeiros a se unirem.

 

“Na Paraíba temos vários projetos em andamento e estamos discutindo um acordo de cooperação, para execução de projetos, como a elaboração do mapa geológico de recursos minerais e hidrogeológico, com a oferta da parte técnica; alocação de poços, análises de áreas para execução de obras de construção e de exploração mineral”, revelou.

O prefeito de Santa Luzia, José Alexandre de Araújo (MDB), cumprimentou a todos e falou da sua satisfação enquanto gestor de sediar o evento. 

 

O prefeito destaca a importância do extrativismo mineral em suas diversas formas, seja no garimpo (extração), na lapidação ou importação, entre outras, para a geração de emprego e renda e, consequentemente para o fortalecimento da economia dos municípios que compõem a microrregião do Seridó Ocidental paraibano (Santa Luzia, Junco do Seridó, Salgadinho, São José do Sabugi, São Mamede e Várzea).

 

O presidente da Cooperativa de Mineradores de Junco do Seridó (Cooperjunco), José Ivanildo de Sousa, disse que o seminário é muito importante para buscar conhecimento na área de mineração.

 

Ele reivindica a desburocratização na liberação das áreas, para exploração legal e ressaltou o apoio do Governo do Estado, nos últimos anos, com a oferta de cursos e atendimento à cooperativa.

 

A Cooperjunco abrange 62 municípios do Seridó paraibano, com sede em Junco, município produtor do caulin e quartizito, onde é feita a exploração e beneficiamento desses produtos.

 

O professor do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFPB) de Campina Grande, Dwight Rodrigues Soares, ministrou palestra sobre a Importância Econômica dos Pegmatitos do Seridó Paraibano.

 

Esteve presente também ao evento o prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas de Melo Azevedo (PSD), e técnicos da 

Comentários

Veja também

Facebook