27º Salão de Artesanato da Paraíba atrai bom número de visitantes

Econômia

19/01/2018 às 21h06

27º Salão de Artesanato da Paraíba atrai bom número de visitantes

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 183 VEZES

JOÃO PESSOA - A expectativa do Governo do Estado é de mais uma edição de sucesso com o 27º Salão do Artesanato da Paraíba, aberto dia 17 de janeiro e que se encerra dia 6 de fevereiro na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

 

Nesta quinta-feira (18), apesar da chuva, o fluxo de pessoas visitantes já era muito bom.

 

A gestora do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), Lu Maia, convida os paraibanos e turistas a visitarem a feira de artesanato e avalia.

 

 

“O artesão vai evoluindo à medida que ele vai tendo a oportunidade de mostrar sua arte e o Salão é uma verdadeira vitrine, um campo de atuação do escoamento de sua produção. Os turistas ficam muito feliz quando encontram um espaço desse porque ele pode encontrar toda a arte do artesanato da Paraíba aqui dentro. Então eu tenho certeza que teremos boas vendas por conta dessa nossa atuação e por conta da qualidade técnica e estética dos produtos que estão aqui”, pontua.

 

A gestora do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP)  adiantou que, além dos produtos de artesanato, os visitantes também podem curtir a agenda cultural com música, teatro, inclusive quadrilha junina.

 

 

E ainda podem degustar ou levar para casa deliciosas comidas típicas na Praça da Alimentação, como bode guizado, galinha na cabidela, rubacão, castanha, cocada na quenga, mel, rapadura, dentre outros da gastronomia regional.

 

O francês André Josserand, sua esposa Patricie e a filha Deborah moram alguns meses no Bessa, em João Pessoa, e os demais meses do ano na França. André revelou que já visita o Salão do Artesanato há alguns anos e que sempre compra peças artesanais.

 

A estudante Mary Letícia Lanzarini, 14 anos, e sua mãe, Neuza, são do Estado do Paraná, mas moram em João Pessoa há seis anos, desde quando a mãe visitou uma amiga e se apaixonou pela cidade. Mary Letícia revelou que já visita o Salão do Artesanato há algumas edições e geralmente adquire algumas peças.

 

 

“Venho com minha mãe quase todas as vezes ao Salão, gostamos bastante e tem muita coisa bonita e diferente e sempre levamos coisas pra nossa casa ou uso pessoal”, comenta.

 

A artesã Raimunda Ferreira expõe no Salão há dez anos com bordado e pintura. Sua expectativa é de boas vendas esse ano. “Espero que seja uma feira boa, que venda o que trouxer. Todo ano é bom”, afirma.

 

 

O 27º Salão do Artesanato da Paraíba, que este ano tem como tema “A tradição, a sustentabilidade e a evolução do artesanato paraibano”, foi aberto pelo governador Ricardo Coutinho na noite da quarta-feira (17), no Espaço Cultural.

 

O salão é organizado pelo Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), que tem como gestora Lu Maia.

 

A feira de artesanato conta com 370 artesãos presentes e no total 3.320 envolvidos, somando os componentes de associações e cooperativas de 78 cidades paraibanas.

 

Comentários

Veja também

Facebook