Policial

07/06/2018 às 17h48

Mulher que matou o marido é assassinada a tiros em Taperoá

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 5332 VEZES

TAPEROÁ(PB)  - Aparecida Vilar, foi assassinada a tiros por volta das 11h50 desta quinta-feira (7)  em uma estrada vicinal da comunidade rural Santa Maria.

 

Cida havia matado a tiros o seu próprio marido, Kleber (veja AQUI), crime ocorrido no dia 6 de maio no sítio Laje Vermelha, durante uma briga entre o casal.

 

Presa em flagrante, ela passou alguns dias por trás das grades, mas no dia 12 do mesmo mês, foi liberada pela Justiça e passou a responder em liberdade.

 

De acordo com informações colhidas pelo helenolima.com, nesta quinta-feira, ela teria vindo à cidade assinar justamente um termo perante a Justiça e, na saída da zona urbana, Cida, que estava com o seu pai a bordo de uma motocicleta, teria sido perseguida pelos seus algozes que, em um determinado local, foi alvejada.

 

Cida ainda foi socorrida por uma equipe do SAMU para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

 

O crime chamou a atenção da população e uma multidão de curiosos foi até o HGT para ver de perto a ocorrência.

 

A Polícia Civil (PC) passa a investigar o crime a partir de agora e uma das principais linhas de investigação deve ser a possibilidade de que a motivação do assassinato pode ter sido vingança, já que ela matou o marido.

 

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado, criança e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie e close-up

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Da redação

Comentários

Veja também

Facebook